O que fazer em Gonçalves- MG

Migramos para um novo domínio, veja o post AQUI: 

https://oqueijovainamala.com.br/o-que-fazer-em-goncalves-mg/

 

www.oqueijovainamala.com.br

 

*********

 

 

Gonçalves foi o nosso primeiro destino no Roteiro Mantiqueira

A cidade é bem pequena, menos de 5 mil habitantes. Contudo tem sido cada vez mais procurada por viajantes que buscam um final de semana tranquilo em meio às montanhas da Mantiqueira. Por estar no Sul de Minas, está mais próxima de São Paulo (222kms) do que da capital mineira (457 kms).

Nós que rodamos um bocado da região Sudeste já notamos uma coisa: São Paulo é a cidade dos serviços de excelência. Primeiro porque tem a capacidade única de transforma qualquer coisa em produto e/ou serviço; segundo porque nunca vimos em nenhuma outra cidade tamanha organização e eficiência no gerenciamento e atendimento aos clientes nestes serviços (aqui falamos especialmente dos gastronômicos e turísticos). Já notamos que toda cidade que atende prioritariamente turistas de São Paulo de algum modo parece “importar” esta qualidade para seus serviços também. Acredito que tanto por influência mesmo, exigência do público (que já está acostumado a bons serviços) e também pelo fato de muitos paulistanos empreenderem nestas cidadezinhas, levando todo o “Know-how” da capital para seus negócios no interior.

Gonçalves é uma destas cidadezinhas que “bebeu” na fonte da excelência paulistana. A alma interiorana mineira está mantida, mas a pequena cidade oferece uma vasta gama de hospedagens, restaurantes e atrativos que atende ao mais exigente dos turistas. Ou seja: é o lugar ideal para quem quer curtir um pouco da “mineirice” e dos ares da Mantiqueira, mas sem passar  perrengue. É poder “estar” na roça, mas com serviços dignos de cidade maior.

DSC_1116.JPG
A ladeira asfaltada que vemos na foto é a principal entrada da cidade

Claro que isto tem um preço: uma rápida pesquisa no Booking mostra que são poucas as a opções de hospedagens econômicas (algo que também notamos nestas cidades que atendem turistas de São Paulo – o preço em geral de tudo é mais elevado). Um final de semana nas pousadas mais simples fica em média R$ 600,00 o casal (sexta a domingo).  Para uma pousada mais bacana, com chalés privativos, hidro, etc. os valores facilmente duplicam. (Fonte: Booking, em Maio /2018)

Nós nos hospedamos no Paleobergue – contaremos mais sobre a nossa hospedagem em outro post.

Mas vamos ao que interessa:  O QUE FAZER EM GONÇALVES?

Curtir a calmaria de cidade pequena

Bem, a gente sempre diz que cidade do interior o melhor a se fazer e permitir-se nada fazer. Acordar mais tarde, tomar um bom café, caminhar lentamente pelas ruas, visitar o comércio local, demorar-se um pouco no banco da praça… Gonçalves tem duas igrejas e na frente de cada uma, uma pracinha: não falta portanto lugar pra dar aquele descanso em meio às andanças.

DSC_1015
Praça principal e Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores

DSC_1009.JPG

DSC_1010.JPGDSC_1027.JPG

Visitar as lojinhas e fazer compras

Todo o “burburinho” da cidade está nas ruas mais próximas da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores. São várias as lojas de artesanato, roupas e presentes. Os preços nos pareceram compatíveis com o ofertado.

Não estávamos interessados em compras, então entramos pouco nas lojinhas – apenas visitamos uma de móveis  (com preços ligeiramente superiores a BH) e a Senhora das Especiarias – uma loja que fica ao lado da Praça principal e vende temperos, compotas, antepastos e doces, tudo produzido em Gonçalves mesmo. Os preços ficam na casa dos R$ 20 e pouco o pote, então é uma opção bem interessante para levar para casa e também para presentear. É possível provar todos antes de decidir qual levar, vale muito a pena!

DSC_1085DSC_1087DSC_1088DSC_1091

Conhecer as cachoeiras

De acordo com o site Visite Gonçalves a cidade tem 6 cachoeiras:

Cachoeira do Simão

Cachoeira Ponte do Retiro

Cachoeira Sete Quedas

Cachoeira do Cruzeiro

Cachoeira das Andorinhas

Cachoeira dos Henriques

Nós conhecemos a primeira delas, a cachoeira do Simão. Acesso fácil, aprox. 06 km por estrada de terra  em boas condições – carro baixo passa tranquilamente. Seguimos a indicação dada pelo Google Maps e não teve erro. Chegando no Espaço Le Gourmet já pode ir estacionando. A trilha inicia-se numa passagem para pedestre numa cerca de madeira à direita na estrada – não tem como não encontrar, porque de onde deixamos o carro já conseguimos ouvir o barulho das águas.

A cachoeira é pequena, uma única queda de 3 metros deságua num bom poço para banho. A força da água faz um efeito de hidromassagem muito bom! Logo de frente ao poço uma boa pedra oferece espaço para estender a canga e contemplar. Como em todas as demais cachoeiras das regiões altas da Mantiqueira as águas são bem geladas mas a gente nem quis saber e se jogou mesmo assim. Fomos num dia de sábado cedo e encontramos somente um casal por lá, mas quando saímos chegou um grupo grande. Como o espaço é pequeno para aproveitá-lo com mais tranquilidade é melhor chegar mais cedo, especialmente em finais de semana.

DSC_1042

DSC_1049
O casal que estava lá quando chegamos e Leo já na água

DSC_1063DSC_1070

Visitar a Feira de Orgânicos da Mantiqueira

A feira funciona todos os sábados pela manhã, de 8 as 13 hs na rua Fausto Rezende de Souza, 183 – mas pode perguntar pra qualquer um na rua onde é que eles explicam. São vendidos legumes, frutas, verduras, queijos, doces, compotas, etc de produtores da região, tudo orgânico. Os preços são bem atrativos se comparados com o que a gente paga em alimentos orgânicos nas capitais. Vendem também artesanatos e lanches, sucos e cafés. Acaba que a feira além de ser muito procurada pelos turistas é também muito frequentada por moradores e é um ponto de encontro na cidade.

DSC_1001-001DSC_1002DSC_1003DSC_1005

20180414_103613.jpg

Tomar um café na padaria ou numa das cafeterias

A famosa Padaria de Gonçalves  é quase que um ponto turístico – suas paredes externas, pintadas em tons vivos e com imagens de flores, chama atenção de qualquer turista. Lá são servidos lanches rápidos e há também venda do queijo artesanal de Alagoa, cidade que ficou conhecida após o queijo de um dos produtores ser premiado internacionalmente . Portanto se você vai a Gonçalves considere fortemente levar um para casa. Detalhe: os queijos vendidos na padaria são da Serra do Condado, cujo produtor é o Sr Jayr, que apareceu no Globo Repórter. O programa tratava de queijos artesanais. (Veja a matéria completa AQUI)

DSC_1019.JPG
Padaria de Gonçalves e Leo dando uma descansada

DSC_1021.JPG

Caminhando a pé nas ruas que contornam a Igreja Matriz e nas ruas dos arredores a gente encontra um tanto de cafeterias charmosas! Como eu estava meio adoentada (sinusite) parei numa super bonitinha da rua debaixo da padaria (não vou me lembrar o nome dela) e pedi um chá com gengibre – bebidas quentes sempre dão aquele alívio. Era um misto de cafeteria e lojinha, com venda de roupas, calçados e acessórios especialmente voltados para o frio: luvas, cachecóis, toucas de lã.

A tarde tomamos café na Detrás da Matriz, que nos foi indicada por amigos.  A cafeteria, como diz o nome, fica na rua de trás da Igreja Matriz. O espaço é lindamente decorado e não é muito grande: são três mesas na área interna e duas num belo deck externo, com vista para a mata.

São servidos pratos de almoço e opções de cafés variados, lanches e petiscos, incluindo o queijo curado com azeite trufado, um clássico da “mineirice gourmet”. Um quadro negro na entrada indica o “bolo do dia”, que pode ser acompanhado de um bom café. Estão à venda para “levar” pães, bolos, cafés e queijos. Um local muito charmoso!

20180414_14273220180414_14274520180414_14303120180414_145227

Não faltam opções para um café em Gonçalves: Bistrô Café com Verso  e Armazém São Bento (antiga Amoreria) são bem avaliados pelo Trip Advisor, quem sabe numa próxima não passamos por lá também? (Se você já visitou nos conte como foi!)

Provar o sorvete Amama

A sorveteria só trabalha com sorvetes orgânicos que são feitos com açúcar orgânico, leite fresco, água da mina e frutas locais, sem conservantes. A casquinha é feita pela própria casa, com milho orgânico. O dono é alemão (Jay) e atende todos os clientes numa simpatia ímpar. Fica em frente a praça São Benedito, vale muito uma passadinha por lá para uma sobremesa após o almoço ou um sorvetinho no fim da tarde.

20180414_155944

20180414_160059
Sabores: Caqui e Chocolate

Almoçar ou jantar num dos restaurantes locais

Não faltam em Gonçalves boas opções para almoço e jantar, uma rápida consultada no Trip Advisor mostra várias opções.

Nós almoçamos em dois restaurentes: Juá de Capote e Ao Pé da Pedra.

Juá de Capote fica ao lado do Bistrô Geminus, no Espaço Le Gourmet, pertinho da cachoeira do Simão. Paramos para comer lá na volta da cachoeira e escolhemos o Juá por indicação de amigos. Trata-se de um “gastrobar” com pratos individuais e petiscos gourmet. Pedimos pastel de angu e isca de peixe para o almoço, com suco natural. Preços compatíveis com o ofertado e com o praticado na cidade. (Nossa conta deu em média R$ 80,00)

20180414_13101920180414_13102120180414_13124420180414_135636

Ao Pé da Pedra é um restaurante rural que fica aos pés da Pedra Chanfrada, no bairro Terra Fria. Comida farta, feita em fogão a lenha. R$ 35,oo por pessoa à vontade, tudo uma delícia. Almoçamos lá depois de fazer a trilha para o topo da Pedra e este é um excelente programa: fazer a trilha pela manhã e já parar para almoço no restaurante, que fica no início/ término da trilha.

18893266_1280141235436022_2894093312568524965_n
Foto retirada do Facebook do restaurante
18920669_1280140968769382_7268859234473075182_n
A Pedra Chanfrada: a trilha começa ao lado da plantação, na parte baixa da foto. (Foto retirada do Facebook do restaurante)
15390847_1114261215357359_5728974971393414955_n
Foto retirada do Facebook do restaurante
20180415_140957.jpg
Cardápio em ABRIL/2018

Fazer um bate/volta em cidades da região

Gonçalves está há 50 km de Campos do Jordão, 48 km de Santo Antônio do Pinhal e 21 km de São Bento do Sapucaí. Cada uma destas cidades tem atrativos turísticos e podem ser visitadas facilmente num bate volta tendo Gonçalves como base. 

Fazer trilhas para umas das várias pedras

São pelo menos 11 pedras acessíveis por trilha na cidade, com os mais variados graus de dificuldade. As mais famosas e visitadas são a Pedra Chanfrada, Pedra do Cruzeiro e Pedra do Forno. Veja AQUI sobre cada uma delas.

Nós fizemos a trilha para a Pedra Chanfrada. O Google Maps localiza corretamente o local, mas é só seguir rumo ao restaurante “Ao Pé da Pedra”. O carro fica no estacionamento do restaurante e a trilha se inicia lá mesmo.

Passamos por algumas hortas ao pé da pedra, provavelmente do próprio restaurante e logo a trilha vai se tornando mais íngreme. Como é um pico o tempo todo a gente sobe, mas não é nada impossível. A trilha é bem demarcada, tranquila, sem qualquer perrengue. A pedra é uma falésia de quase 100 m de altura e está a 1650 m de altitude. No topo avista-se a Pedra do Forno e o vale. Gastamos quase uma hora na subida e na descida paramos no restaurante para almoço.

DSC_1121DSC_1137DSC_1138DSC_1141DSC_1147DSC_1155DSC_1158

DSC_1159
A trilha já quase na chegada ao topo
DSC_1161
O restaurante láááá embaixo
DSC_1163
Parte plana da trilha
DSC_1164
Em frente à plantação com a suntuosa Pedra Chanfrada ao fundo
DSC_1166
Pegamos um pouco de chuva na volta e nos deparamos com esse belíssimo cenário

Já se convenceu de que vale a pena visitar Gonçalves? Nós já queremos voltar!!!

DSC_1099DSC_1101

DSC_1119
Catarina na estradinha que ligava nosso hostel ao centro de Gonçalves
Anúncios

6 comentários em “O que fazer em Gonçalves- MG

Adicione o seu

  1. Que delícia poder desfrutar de uma cidadezinha interiorana de Minas Gerais e ainda contar com o atendimento de São Paulo, que olha, faz falta em alguns lugares rs Deve ser realmente um ótimo canto para relaxar! Adorei

  2. Que post recheado! Adorei 🙂 Minas é sempre uma boa pedida, né? Ô lugarzin gostoso demais da conta…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑